logo_cafe_conima_rio3

 

Tema:
Mediação e Arbitragem: A importância do desenvolvimento de instituições que prestam estes serviços no Brasil
Programação:
9:00-10:00 – Apresentações do CONIMA
Alessandra Bonilha e Gabriela Assmar (com vídeo institucional gravado pelo presidente do CONIMA, Roberto Pasqualin) e das Comissões de Mediação e Arbitragem da OAB-RJ por Samantha Pelajo e Joaquim Muniz: O que estas instituições oferecem às instituições e profissionais de mediação e arbitragem, em termos de padrão de qualidade e desenvolvimento de mercado.
10:00-11:30 – Apresentações das instituições filiadas ao CONIMA no RJ
(8ª Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem – Roberto Soares, CCMA-RJ – Durval Hale, CBMA – Mariana Souza, FindResolution – Juliana Loss de Andrade e Pro-Acordo – Gabriela Assmar): como vêem o futuro deste mercado e como a mediação e arbitragem ampliam as fronteiras da advocacia.
11:30-12:30 – Perguntas e Debates
Data: 25/09/2015
Anfitrião: OAB-RJ
Endereço: Avenida Marechal Câmara, 150, auditório Evandro Lins e Silva, 4º andar – Rio de Janeiro/RJ
Horário: 9:00 às 12:30.
 
Realizou-se neste 25/09/2015 o Café CONIMA no Rio de Janeiro
No primeiro painel, incluindo representantes do CONIMA (Gabriela Assmar) e Comissões de Mediação (Samantha Pelajo) e Arbitragem (Joaquim Muniz) da OAB-RJ, falamos sobre a necessidade de garantir a qualidade e ética nestas práticas, o papel – fundamental – do CONIMA em estabelecer esta cultura por todo o Brasil, na importância do PARCONIMA (e como acessá-lo) e na responsabilidade dos advogados em orientarem seus clientes acerca destes métodos e dos mediadores e árbitros adequados. Mencionei a intenção de todos os diretores do CONIMA e do Presidente Roberto Pasqualin de se fazerem representar em todos os Estados do Brasil. Os presidentes das Comissões de Mediação e Arbitragem da OAB-RJ fizeram um resumo de tudo que suas respectivas Comissões vêm fazendo para tais fins.
No segundo painel, contendo representantes do Mediare – Alexandre Assed, FindResolution – Andréa Maia, ProAcordo – Gabriela Assmar, CBMA – Mariana Souza, 8a Câmara – Roberto Soares e CCMA – Durval Hale, cada um contou um pouco da trajetória de suas respectivas instituições e como está vendo o enorme crescimento deste mercado. Ao final, abrimos para perguntas e muitos participantes fizeram perguntas acerca do NCPC e Lei 13.140/15 em relação ao mercado privado de mediação, e como estes mercados precisam se estabelecer também em cidades do interior de todos os Estados.